Make your own free website on Tripod.com
     Mensagens
Vocês sabem o Porquê das brigas?

Home    Mensagens    Estudos Bíblicos    Reflexões    Humor    Recados & Anúncios Cadastro de Igrejas   Crescimento   Aprendizado   Links   Contato

Quem Somos   Nosso Propósito   Web Designer



Pergunta um tanto intrigante essa, não é mesmo?
Sei que é, e sei que todos nós passamos um período questionando a Deus os porques de relacionamentos destruídos, ou mesmo o porque daquele irmão que era o nosso melhor amigo, e hoje não passa talvez até de um terrível inimigo. Acusamos Satanás por essas coisas, mas ele tem a sua parcela de culpa, mas a responsabilidade é nossa em muito dos casos, como diz Tiago em sua Epístola no capítulo 4, verso 7. Portanto, submetei-vos a Deus; resesti ao Diabo, e ele fujirá de vós; a Bíblia também diz mais, Se possível a ti, tenhais paz com todos.

As vezes começamos a questionar no nosso intelecto e até mesmo a Deus o seguinte: Como pode a pessoa que tanto eu amava e que tanto demonstrava amor para comigo estar com tanto sentimento ruim a respeito de mim agora?

A resposta é mais simples do que imaginamos, vou apresentá-la a vocês...

Ela se encontra em Tiago 4: 1. De onde vêm as guerras e contendas que há entre vós? Não surgem dos prazeres que lutam dentro de vós?

Pronto! Achamos a chave de praticamente todo mal da inimizade e perdas afetivas e sentimentais.
Conseguimos entender de onde vem todo esse mal que atiçado por Satanás gera dores, mágoas, ressentimentos, mortes espirituais, separações até de melhores amigos, enfim amados irmãos, chegamos no ponto.
Tudo é gerado dos prazeres que lutam dentro de nós. Que prazeres são esses?
São os nossos próprios conceitos e preconceitos, nosso ponto de vista, nossos achismos, nosso julgamento, resumindo, nosso egoísmo humano e as vezes até demoníaco de buscar sempre os nossos interesses.
Tudo isso entrando em contrariedade a outros conceitos diferentes, outros pontos de vista, etc. Gera essa terrível lamentação que teremos no futuro.

Toda contenda, guerras, discórdias, dissenções, separações em geral nascem desse terrível mal, que está em desacordo com o que Jesus nos ensinou, pois ele mesmo disse que não veio para julgar o mundo, mas sim para salvar o mundo, e julgamos os outros, ciúme também se encaixa nesse mal, pois ciúme nada mais é do que querer exclusividade de afeto, isso é buscar o próprio interesse também, se queremos salvar as nossas próprias almas e das pessoas que nos cercam, temos que aprender uma coisa, mesmo que o nosso conceito divirja do conceito de outro, mesmo que os pontos de vista sejam diferentes, nada disso deve importar, o importante de tudo é o amor, devemos amar incondicionalmente as pessoas como se não houvesse amanhã, é até um letra de uma música mundana, mas é a pura realidade, se perdermos o nosso tempo somente amando as pessoas como elas são, talvez poderemos até melhorar as pessoas em seus defeitos e melhor do que isso, seremos aperfeiçoados dos nossos próprios defeitos, por isso digo, ame! somente ame e esqueça desses prazeres terríveis que lutam dentro de nós, não deis lugar ao Diabo irmãos, antes sujeitai-vos a Deus, sabendo que Deus em sua essência é amor, e o amor de Deus nos constrange a amá-lo também.

Conclusão: Amor gera amor, contradição gera contradição, briga gera briga, conceito gera preconceito, ação gera reação, compreenção gera compreenção.


Luciano S. Brito


Voltar