Make your own free website on Tripod.com
     Mensagens
Anulando o poder do antigo

Home    Mensagens    Estudos Bíblicos    Reflexões    Humor    Recados & Anúncios Cadastro de Igrejas   Crescimento   Aprendizado   Links   Contato

Quem Somos   Nosso Propósito   Web Designer


Hebreus 5. 7 ao 9

Coisa dura a ser dita o que vou dizer agora, pois nos dias atuais os cristãos não querem saber de serem participantes dos sofrimentos de Cristo, antes querem prosperidade, bençãos sem fim e tudo mais que agrade o seu próprio coração. Porém vemos na passagem acima que Jesus mesmo sendo Filho de Deus, aprendeu a obedecer por meio daquilo que sofreu, foi aperfeiçoado pelo sofrimento, desculpem-me pela má notícia, mas uma vida cristã sem sofrimento por amor a esse evangelho é uma vida sem cruz, se queremos aprender a obedecer e nos aperfeiçoar, nos será permitido por Deus sofrer, o próprio Jesus mesmo disse que padeceríamos perseguições e muito mais por amor a ele e ao seu evangelho.

Mensagem não muito empolgante, não é mesmo? Talvez se eu tivesse falando a respeito da prosperidade, ganhar batalhas, ser mais que vencedor, mas tem um outro lado da moeda que hoje em dia os cristãos não querem enxergar e muitos líderes também não, para que não aconteça o mesmo com Jesus quando começou a abrir o jogo com a multidão, só restaram doze fiéis servos do Senhor para padecer por ele, tendo a certeza que somente o mestre é que tinha a palavra de vida eterna.

É, irmãos, com certeza temos muitas alegrias na nossa vida cristã, mas também sofreremos por amor a Cristo, vocês entendem o amor de I Coríntios 13? ele mesmo, o amor sofredor que tudo tolera, tudo crê, tudo espera, tudo suporta, é assim que somos aperfeiçoados, não somos maior que o nosso Senhor, se ele sofreu para aprender a obedecer, quem dirá nós homens pobres e necessitados do Senhor, a boa notícia é que temos a sua graça e ela nos basta.

Muitos hoje em dia se poupam do sofrer por amor a Cristo, até mesmo o nega sem qualquer problema, antes morria-se para não negar o nome do Senhor, hoje em dia o cinto aperta nega-se sem a menor preocupação. Muitos também acham que podem justificar-se a si mesmos para não terem que padecer por amor a Cristo, o amor também não busca os seus próprios interesses, segundo I Coríntios 13, mas muitos cristãos clamam ao Senhor cheios de si mesmo e dizem: Senhor julga a minha causa contra o insulto do meu irmão, pobres cristãos somos nós! Isso é buscar os próprios interesses, a nossa justiça segundo a Bíblia é como trapo de imundície para Deus, não serve de nada, porém se aceitamos a palavra que não devemos buscar os nosso próprios interesses se verdadeirmente amarmos muda a nossa história e a de outras pessoas, muitos casais se separam hoje em dia por falta deste amor que não busca o próprio interesse, o amor de Jesus foi sacrificial e nós como seus servos devemos ter o mesmo amor sacrificial do mestre.

Palavra para se torcer o nariz essa, não é mesmo? Sei que é duro tudo isso, digo de experiência própria, mas o Espírito Santo nos capacita se colocamos nossas vidas em sua direção, em Hebreus 10. 9-10, fala a respeito do cancelamento do primeiro, no caso a passagem se refere a Lei de Moisés e os sacrifícios de animais, para o estabelecimento do Segundo, O sacrifício vivo de Jesus e a nova aliança, é isso irmão, para que o segundo venha a ser estabelecido é preciso que se cancele o primeiro, o homem mau e mundano que nós éramos antes de entregarmos nossas vidas ao Senhor deve morrer, deve ser cancelado, e o segundo que é o novo nascimento em Cristo será estabelecido em nossas vidas se assim fizermos, nos entregarmos a Deus como sacrifício vivo para que nasçamos aperfeiçoados por ele.
Como está escrito: O que leva a boa semente plantando e chorando, voltará com os seus molhos cheios.
É, na vida cristã, irmãos, muitas vezes as nossas lágrimas que as vezes saem fervendo de nossos olhos, é essecial, pois ela mesma é que está regando a boa semente e esta semente irá crescer um dia, e dará grandes frutos.


Luciano S. Brito


Voltar