Make your own free website on Tripod.com
     Mensagens
A verdade acima de tudo

Home    Mensagens    Estudos Bíblicos    Reflexões    Humor    Recados & Anúncios Cadastro de Igrejas   Crescimento   Aprendizado   Links   Contato

Quem Somos   Nosso Propósito   Web Designer


Jesus respondeu: Se eu glorifico a mim mesmo, minha glória não vale nada. Quem me glorifica é o meu Pai, aquele que vocês dizem que é o Pai de vocês.
Vocês não o conhecem, mas eu o conheço, Se dissesse que não o conheço, eu seria mentiroso como vocês. Mas eu o conheço e guardo a palavra dele. Abraão, o pai de vocês, alegrou-se porque viu o meu dia. Ele viu e encheu-se de alegria.
Os judeus lhe perguntaram: Ainda não tem cinquenta anos e viste Abraão?
Jesus lhes respondeu: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, eu sou.
João 8. 54 a 58

A base da afirmação de Jesus de que ele conhece a Deus não é somente que desde a eternidade ele é o Filho do Pai, mas também sua obediência perfeita à vontade do Pai.
Vários rabinos entendiam que Abraão previu dias de destaque na história de Israel, como a passagem pelo mar Vermelho, a promulgação da lei, etc. Com isto, a idéia de que ele previu a era messiânica não seria inaceitável para os judeus. Mas Jesus não disse que Abraão viu "o dia de Cristo" ou "a era messiânica", ele disse que Abraão viu "meu dia", e foi esta maneira pessoal de dizê-lo o que ofendeu seus ouvintes e provocou.

A mentira pode trazer uma certa aceitação, porém a verdade as vezes traz zombaria.

Muitas vezes somos levados ao ponto de ter que mentir ou mesmo omitir a verdade para sermos aceitos por determinado grupo de pessoas desse mundo e até mesmo para sermos aceitos em determinados grupos cristãos.

Porém Jesus, nosso mestre nos deixou um exemplo concreto de que não importa se ofenderá ou mesmo se zombarão de nós, o importante de tudo é falar a verdade, falar da verdade de Cristo, a verdade de Deus, pois como Jesus temos conhecido quem é o Pai e se nascemos dele devemos agir como seus filhos, pois o primogênito entre os seus filhos nos deixou o exemplo a se seguir.

Sempre devemos falar somente da verdade e nada mais e nem a menos do que isso, para isso precisamos de sabedoria para falar dessa verdade, é claro que não podemos falar de forma
insana e ignorante da verdade de Deus, mas de forma sábia e moderada, mas tendo sempre em mente que a verdade é a verdade e não pode ser substituída por inverdades, mesmo que desagrade
a homens e que os mesmos venham até a caçoar ou zombar de nós, porém o é agradar o Pai, assim como Jesus fez, ele falou da verdade e muitos se escalizavam dele e também zombavam. Sabemos
que muitas vezes poderemos ser zombados, injustiçados, ridicularizados, menosprezados por nos identificar pela verdade, mas isso não deve ser motivo de nosso desânimo e desconforto, pois o
nosso mestre passou por todas essas coisas e pela verdade até mesmo morreu e morte de cruz, uma morte vergonhosa na época.

Muitas vezes antigos colegas poderão caçoar de nós ou mesmo afastar-se de nossa presença quando notarem a verdade em nossas vidas, quando perceberem que falamos de uma verdade que para o mundo é loucura, quando souberem que os nossos padrões não são mais os padrões do mundo e nem os conceitos que tínhamos segundo a carne, mas sim padrões e conceitos Bíblicos. Nossos familiares também poderão se escandalizar pelas mudanças que a verdade traz para nós, até mesmo em nossos trabalhos poderão nos ridicularizar por não cedermos e nem abrirmos mão da verdade, pois um dos lugares onde somos mais pressionados e tentados a fugir da verdade e de um padrão cristão é justamente em nossos trabalhos por passarmos a maior parte de nosso tempo, até mesmo a maior parte de nossas vidas lá. Talvez no trabalho seja um dos lugares mais importantes onde deva prevalecer a verdade de nossas vidas.
As vezes em nossos trabalhos nos sentimos pressionados a não aparecer com uma Bíblia na mão, até muitos não podem mesmo por causa de falta de tempo, mas não é importante o aparecer com a Bíblia na mão, mas é muito importante aparecer com ela em sua vida e ações, mesmo que sejamos forçados a mentir durante uma conversa telefônica, ou mesmo dizer que não estamos ou que o chefe não está, se escandalizarão sim se dissermos que não vamos mentir, mas importa seguir o exemplo que o mestre deixou, devemos andar como ele andou, se andamos segundo os padrões Bíblicos, devemos seguir a Jesus e os exemplos deixados por ele, muitas tentações aparecerão durante o dia a dia, propostas mirabolantes de oportunidades no trabalho, oportunidades de ganhar um dinheirinho extra, uma posição extra, um cliente extra, mas nada disso é tão importante do que o ganhar a aceitação do nosso Pai e saber que não andamos mais segundo os padrões desse mundo e se ainda andamos segundo os padrões desse mundo nos constituímos inimigos de Deus e filhos do Diabo e se andamos nas concupiscências da carne ainda precisamos de um novo nascimento.


Luciano S. Brito


Voltar